Piscina, academia, salão de festas: condomínios restringem uso de áreas comuns em Ribeirão Preto

Medidas visam conter avanço do novo coronavírus na cidade. Município avalia 32 casos suspeitos. Outros 13 foram descartados e nenhum foi confirmado.

Piscina, academia, salão de festas: condomínios restringem uso de áreas comuns em Ribeirão Preto

Medidas visam conter avanço do novo coronavírus na cidade. Município avalia 32 casos suspeitos. Outros 13 foram descartados e nenhum foi confirmado.

Síndica no Jardim Nova Aliança Sul, em Ribeirão Preto (SP), Marcela Marques Ferreira colocou frascos de álcool em gel em diferentes partes do condomínio para estimular os moradores a se protegerem do novo coronavírus (Covid-19).

Mas as medidas contra o avanço da doença não param por aí. A fim de minimizar ao máximo as chances de infecção, ela proibiu, a partir desta terça-feira (17), que os moradores utilizem áreas comuns como o salão de festas, quiosques com churrasqueiras, piscina e academias.

"Essas medidas foram tomadas para prevenir. A gente ainda não sabe o que está acontecendo. A gente não sabe a proporção que isso vem tomando. Para prevenir para que não prolifere dentro e fora do condomínio, a gente resolveu tomar essas medidas", diz.

Parquinho em condomínio de Ribeirão Preto (SP); uso foi restrito para evitar propagação do novo coronavírus — Foto: Reprodução/EPTV

Segundo balanço divulgado nesta terça-feira pela Secretaria Municipal de Saúde, Ribeirão Preto tem 32 casos de coronavírus ainda sob suspeita e outros 13 descartados, sem nenhuma confirmação. No estado de São Paulo, onde foi confirmada a primeira morte em função da doença, são 301 registros confirmados pelas autoridades.

Fora dos condomínios, as restrições de circulação de pessoas impactam o funcionamento de diferentes locais:

 

Sem piscina e sem quadra

 

Depois de instalar frascos de álcool em gel, o síndico Thiago Oliveira Alves reforçou as medidas em um condomínio no Jardim Ipiranga, zona norte da cidade. Seguindo as recomendações da administradora, ele restringiu o uso de algumas das áreas comuns por questão de segurança.

"Piscina por enquanto fechada, a quadra fechada e a área de lazer por enquanto a gente está mantendo para os moradores que estiverem insistindo, mas a administradora já orientou a fechar também", diz.

Quadra em condomínio de Ribeirão Preto (SP) está com uso suspenso para evitar avanço do novo coronavírus — Foto: Reprodução/EPTV Quadra em condomínio de Ribeirão Preto (SP) está com uso suspenso para evitar avanço do novo coronavírus — Foto: Reprodução/EPTV

Quadra em condomínio de Ribeirão Preto (SP) está com uso suspenso para evitar avanço do novo coronavírus — Foto: Reprodução/EPTV

A maior preocupação, segundo ele, está nos moradores idosos, já orientados a permanecerem nos apartamentos. "A gente não conhece essa doença a fundo ainda, então é bom a gente prevenir pra não ter problema aqui no condomínio."

 

Marcela estabeleceu na zona sul que a proibição de uso nas áreas comuns é por tempo indeterminado, mas espera que ela seja breve. "Fiz uma normativa interna, as pessoas estão colaborando", afirma.

Mensagem anuncia fechamento temporário da academia de condomínio na zona sul de Ribeirão Preto em função do novo coronavírus — Foto: Reprodução/EPTV

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário