Coronavírus em condomínios: quais cuidados tomar no elevador e outras áreas.

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor

Coronavírus em condomínios: quais cuidados tomar no elevador e outras áreas.

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor

O novo coronavírus mudou a estrutura das relações sociais. Especialistas recomendam que fiquemos em casa pelo maior tempo possível e evitemos aglomerações para que a pandemia não progrida. Mas para quem mora em condomínio de prédios ou casas, a possibilidade de usar as facilidades, como piscina e academia, pode parecer tentadora e até dar uma falsa sensação de segurança, por se tratar de ambientes conhecidos. Não é bem assim. Muitos condomínios já estão fechando áreas comuns para evitar que a constante circulação de pessoas ajude a espalhar o vírus. E se no local onde você mora os espaços coletivos ainda estiverem abertos, é importante tomar cuidados.

O VivaBem conversou com a infectologista Mirian Dal Ben, do Hospital Sírio-Libanês (SP) e com Paulo Olzon, infectologista da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), para tirar as principais dúvidas sobre o uso de áreas comuns. "O objetivo da quarentena voluntária na comunidade é diminuir o contato entre as pessoas para diminuir a velocidade de aumento no número de casos da população e dar condições para que o sistema de saúde consiga absorver os casos graves. Não adianta de nada fecharmos escolas e mantermos o contato entre pessoas (principalmente jovens e crianças) em locais como parquinhos, brinquedotecas e academias", explica Dal Ben.

Devo pegar o elevador ou subir de escadas? Os botões do elevador são superfícies tocadas frequentemente. De acordo com a recomendação dos especialistas entrevistados, não é necessário usar as escadas —inclusive por muitas pessoas não terem condições físicas para subir até seus andares — e, sim, higienizar as mãos após usar o elevador e tocar nos botões. "Se for subir de escada, o cuidado também vale para quem tocou em corrimões e maçanetas", explica Olzon. Devo ter medo de entrar no elevador se tiver alguém de máscara? Não. A máscara impede que a pessoa elimine gotículas no ar e contamine o elevador, portanto, este é o jeito certo da pessoa com sintomas como tosse, dor de garganta e espirros se deslocar. Só evite contato com essa pessoa: nada de cumprimentá-la com um aperto de mão. Mas você pode dar bom dia e um sorriso simpático, sem medo.

Posso continuar usando a piscina? Apesar de o vírus não sobreviver na água com cloro, ainda é melhor evitar o uso da área pelo contato com outras pessoas, além do uso compartilhado de cadeiras e vestiários.

É seguro treinar na academia do condomínio? Como elas são ambientes fechados e muitas vezes pequenos, a academia também deve ser evitada por ser um local em que as pessoas têm muito contato umas com as outras —tocando nos mesmos aparelhos, dividindo bancos, colchonetes e bebedouros.

 "Deve-se optar por realizar exercícios em casa ou em ambientes abertos longe de outras pessoas, sem compartilhar acessórios", indica a infectologista do Hospital Sírio-Libanês.

 

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário